cadeado3 Área do associado - Cadastro

Associado - LOGIN

Entrevista/Legislação em Destaque/Revista Anfarlog - Paulo Maia

Entrevista/Legislação em Destaque/Revista Anfarlog - Paulo Maia

Quais as principais mudanças/impactos que acontecerão em sua área envolvida trazidos pela nova lei? 

A RDC 304/19 é um a resolução que certamente tem causado muitos impactos, especialmente as mudanças que envolvem os processos de controle, monitoramento da temperatura externa e também da umidade das cargas nos ambientes em que os medicamentos são transportados, essas, em minha opinião, tem provocado maior complexidade e movimentação no mercado. Será necessária uma análise detalhada e criteriosa para uma melhor estruturação na implantação desse sistema. Não tenho dúvidas de que todo o esforço para estruturar o sistema de gestão da qualidade, validações e qualificações com as mudanças que a nova RDC traz e irá reforçar o processo de Boas Práticas de Distribuição, Armazenagem e Transporte dos medicamentos, o que provocará melhorias na distribuição e no transporte de medicamentos no pais.

Na sua visão, qual a importância desta normatização das Boas Práticas de Armazenagem, Distribuição e Transporte de medicamentos para o mercado atual, incluindo quem vende e quem compra?

A importância da resolução se dá pela regulamentação do setor, através da implantação de regras mais rigorosas e claras no sistema de gestão da qualidade, que visam garantir a qualidade com a indicação de Boas Práticas em todo o processo de distribuição e transporte dos medicamentos. Essa normatização nos assegura padrões de segurança, qualidade e eficácia dos medicamentos.

Como está sendo encarada, na prática, a adaptação do mercado às novas exigências da RDC?

Pela necessidade de adequação da Portaria 802/98, que ficou em atividade por 21 anos, a RDC 304/19 chegou com muitas mudanças. Normalmente mudanças geram ansiedade e preocupações, desse modo percebemos no mercado uma grande agitação para atender com assertividade as novas propostas descritas na resolução. Nota-se que os profissionais da área estão buscando se qualificarem ainda mais, com a participações em cursos / palestras para melhor entendimento das adequações. Percebemos também que há uma preocupação com os custos financeiros que as novas exigências trouxeram. 

Neste curto período após a aprovação da resolução, já é possível notar alguma reestruturação devido às novas exigências ou ainda não? Caso seja, quais são as primeiras impressões?

A RDC 304/19 estava sendo muito esperada, por todos que atuam no seguimento, dessa forma o mercado já sabia, mesmo que de forma mais reservada, que seria necessário passar por uma reestruturação. Porém, após sua publicação dia 17/09/2019, observamos uma movimentação de forma acelerada para atender as novas regras. Acredito que esta aceleração se dá, por parte do setor, em razão de muitas exigências demandarem tempo e recursos financeiros, além de haver prazo estabelecido para serem implementadas.


  05  Fev  2020 ,
Empresas Associadas
  • Associado 06
  • Associado 04
  • Sem Ttulo 2
  • Associado 09
  • Associado 12
  • Associado 05
  • Associado 01
  • Associado 02
  • Associado 07
  • Logo Associada Expressa
  • Logo Associada 22 04 19
  • Logo Hospinova
  • Logo 4 Bio

    telefone rodape(11) 2385-5860

    endereco rodapeRua Verbo Divino, 2001 | Torre B - Sala 607
    Chácara Santo Antônio - São Paulo/SP

    Cadastre para receber informações da Abradimex:

    ABRADIMEX - Todos os direitos reservados - 2016

    amontano rodape